Novidades

Pessoal, volto segunda com novidades :)

Domingo foi de trabalho, trabalho e mais trabalho!

Beijos e obrigada por todos os comentários, vou visitar as casinhas de vocês nesta segundona.

Bu!

Eis que apareço, na maior cara-de-pau, um mês depois do "sumiço temporário", rs. Adorei os comentários de vocês, realmente eu não disse qual sábado era!

Bom, muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuita coisa aconteceu nesse meio tempo, nada a ver com a reeducação, alguns problemas (e espero que soluções) com a minha tia, trabalho a dois mil por hora, probleminhas de saúde... só sei que tudo isso junto me deu uma pane, fiquei com defeito e a vontade de atualizar o blog desapareceu.

Continuei visitando vocês, mas sem comentar, nem sei explicar o porquê. Enfim, estou aqui no trabalho e me deu uma saudade de vocês enorme, do nada, como se alguém estivesse pensando em mim neste momento. Foco. Estou precisando mesmo.

Beijos, volto no domingo (dia 24 de junho de 2007 - dia, mês e ano!) para escrever um pouquinho e ver como todas estão nos seus bloguinhos. :)

Sumiço temporário

Pessoal,

Desculpe o sumiço - de novo. Muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, mas eu to bem, tomando algumas resoluções, pensando muito nos caminhos a seguir. A terapia tem me feito bem, o trabalho está cada vez mais puxado, a monografia caminha, e PROMETO que sábado eu mando notícias, ok?

Beijos, ótima semana e muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito obrigada por todos os comentários, viu?

Maior peso e terapia

Eita, gente, que doidera! Primeiro, OBRIGADA POR TODOS OS COMENTÁRIOS! Eles são muito importantes para mim, mostram que vcs estão aqui comigo, o que faz toda a diferença. Vou tentar atualizar minha visitas semanalmente, porque ando numa roda-vida.

Fiquei dodói, melhorei, aí veio uma gripe que ainda está me rondando mas estou cuidando dela, ainda por cima estou com muito, muito, muito trabalho! Mas tenho novidades: me pesei! É, isso era um bloqueio nestas últimas semanas, mesmo tendo uma plenna digital no meu quarto, e finalmente consegui: 108,9kg! É, meu maior peso na vida. Enfim, como me disse a amiga Cacau, o caminho de volta até um peso sadio e fora da obesidade será longo, mas é melhor eu começar logo, né?

Vou mudar meu dia de pesagem para os sábados, acho que vai ser um incentivo para evitar jacadas de fim de semana, que são um grande problema para mim, então sábado volto com novidades pela manhã. Quero atualizar semanalmente, sempre aos sábados, mas se surgir tempo e novidades durante a semana eu volto para contar.

Quem estava no último encontro sabe que eu abri meu coração e admiti que eu realmente preciso de ajuda, mais do que reeducação alimentar e exercícios, preciso de terapia, ter um acompanhamento para me entender melhor e assim também entender se a obesidade é a causa ou a conseqüência  de problemas, traumas e afins. Pois, gente, eu encontrei!!!! Depois de procurar bastante, eu achei uma terapeuta e tive hoje minha primeira sessão, muito esclarecedora e inspiradora. Me fez pensar e me deixou feliz, pois estou em um momento de transição no trabalho e na faculdade, e certamente será um apoio e tanto.

Bom, para terminar queria comentar sobre o programa "Encontro Marcado" do Gasparetto, na Rede TV!, que passou na terça-feira, se não me engano, e levou ao ar algumas gordinhas insatisfeitas, tristes e com vários problemas. Eu acredito que algumas pessoas conseguem melhorar e mudar quando levam sacudidelas, outras precisam ser convencidas dos argumentos da outra pessoa para mudarem e ainda outras precisam entender o que se passa para mudar, não basta só a tentativa de convencimento. E todas essas diferenças devem e merecem ser respeitadas. Então, eu me coloquei no lugar delas, que foram ali para falar sobre seus problemas, se expuseram sim, mas não precisam se sentir humilhadas, como visivelmente ficaram. Gritos e afirmações após dez minutos de conversa é uma postura ruim que não condiz com um psicólogo espírita, fiquei bastante decepcionada com o programa.

Para terminar, um texto muito interessante logo abaixo que retirei na íntegra do site do Dr. Drauzio Varella, beijos e até sábado!

O gordo e o magro

 www.drauziovarella.com.br

Atribuir ao doente a culpa dos males que o afligem é procedimento tradicional na história da humanidade. A obesidade não foge à regra. Na Idade Média, a sociedade considerava a hanseníase um castigo de Deus para punir os ímpios. No século 19, quando proliferaram os aglomerados urbanos e a tuberculose adquiriu características epidêmicas, dizia-se que a enfermidade acometia pessoas enfraquecidas pela vida devassa que levavam. Com a epidemia de Aids, a mesma história: apenas os promíscuos adquiririam o HIV.

Coube à ciência demonstrar que são bactérias os agentes causadores de tuberculose e da hanseníase, que a Aids é transmitida por um vírus e que esses microorganismos são alheios às virtudes e fraquezas humanas: infectam crianças, mulheres ou homens, não para puni-los ou vê-los sofrer, mas porque pretendem crescer e multiplicar-se como todos os seres vivos. Tanto se lhes dá se o organismo que lhes oferece condições de sobrevivência pertence à vestal ou ao pecador contumaz.

O mesmo preconceito se repete agora com a obesidade, até aqui interpretada como condição patológica associada ao pecado da gula. No entanto, a elucidação dos mecanismos de ação dos mediadores químicos e da arquitetura dos circuitos que os neurônios estabelecem até chegar aos centros cerebrais encarregados do controle da fome e da saciedade tem demonstrado que engordar ou emagrecer está longe de ser mera questão de vontade.

Vou dar um exemplo para ilustrar a complexidade desses mecanismos, com o objetivo de mostrar a você, leitor perseverante, que a obesidade é conseqüência da associação de várias características genéticas e comportamentais que convergem em determinado indivíduo: o gordo. Recentemente foi descoberta a proteína CNTF, dotada da propriedade de manter neurônios vivos e ajudá-los a se tornar maduros em meio de cultura. O isolamento da CNTF estimulou os pesquisadores a tentar usá-la em casos graves de uma doença degenerativa conhecida pela sigla ELA, caracterizada por paralisia progressiva causada pela perda de neurônios motores.

O tratamento, no entanto, provocou um efeito colateral dramático: diminuição de apetite e emagrecimento persistente mesmo depois de suspensas as injeções de CNTF. Estudos em ratos confirmaram essa perda de peso duradoura tanto nos casos de obesidade provocada pela ingestão de dietas ricas em gordura como naqueles portadores de obesidade de causa genética. E que o mecanismo de ação da CNTF podia ser explicado pela propriedade de provocar o nascimento de novos neurônios no hipotálamo, área do cérebro que desempenha papel crucial no controle do apetite e do balanço energético do organismo.

Nos ratos, esse efeito é tão pronunciado que o hipotálamo dos animais tratados com CNTF chega a apresentar seis vezes mais neurônios novos.
Para aumentar a complexidade, ficou demonstrado que esses neurônios novos respondem mais intensamente à ação da lepitina, hormônio supressor do apetite produzido pelo tecido gorduroso, e a outros hormônios dotados da mesma propriedade, liberados na passagem dos alimentos pelo tubo digestivo.

A conclusão a que pretendo chegar é a de que quanto mais nos aprofundamos no estudo dos mecanismos reguladores da fome e da saciedade, mais complexos e interligados eles demonstram ser. O que está absolutamente de acordo com a perspectiva evolucionista: uma função tão essencial à sobrevivência da espécie jamais teria sido deixada ao livre arbítrio de cada um. O impulso da fome, tão irresistível quanto o da sede, é disparado em áreas cerebrais dificilmente reprimidas pela ação dos centros que coordenam o pensamento racional. As evidências fazem crer que a obesidade seja uma cruz carregada por pessoas geneticamente predispostas, num ambiente que lhes proporciona acesso farto aos alimentos.

A fartura é necessária - não havia prisioneiros obesos nos campos de concentração, como todos dizem -, mas não é suficiente. Os genes envolvidos no controle dos neurônios que interferem com o binômio fome-saciedade e com os comportamentos modulados por eles são decisivos.
As mães de vários filhos são capazes de identificar diferenças na voracidade ao mamar, em bebês que acabaram de nascer. Enquanto algumas crianças passam o dia atrás de doces, adoram alimentos gordurosos e detestam verduras ou saladas, outras fazem do horário das refeições o calvário das avós.

Na próxima vez que você for a uma churrascaria, preste atenção nas mesas grandes com a família reunida e observe como os olhos dos gordinhos brilham diante dos espetos. Como regra, os magros gostam de salada, dão preferência às carnes magras e não ligam para sobremesas; os gordos, ao contrário. O gordo viaja 30 km atrás de um frango assado; o magro pode ir junto pela companhia, não pela comida. Reparem nos cozinheiros de fim de semana, esses que passam 12 horas no preparo de um pernil que derrete na boca. Quantos são magros? A gustação é uma experiência sensorial capaz de despertar compulsão alimentar em indivíduos predispostos geneticamente à obesidade; os magrelos desanimam diante do prato cheio.

Como o cérebro ajusta o metabolismo e dispara ímpetos de fome para que o peso corpóreo volte sempre ao maior valor já atingido, a lógica de afirmar que fulano é gordo porque come demais talvez devesse ser apresentada ao revés: ele come muito porque é gordo, enquanto o outro come pouco por ser magro.

Não basta só querer

É, gente... o que um encontro light não faz, não é?

Na verdade, acredito que tudo que somos é um somatório dos nossos erros, nossos acertos, nossas experiências de troca com outras pessoas, nossos dias de caça e de caçador. Depois de tanta vivência escrevendo há 1 ano e 4 meses artigos sobre nutrição, saúde, estética e fitness, fora os outros assuntos, o que dá mais de 500 artigos, depois de ter contato com tantos endocrinologistas, cardiologistas, nutricionistas, nutrólogos e professores de educação física, não me resta mais a desculpa do "eu não sabia".

A cortisona que o estresse libera no meu organismo, que graças a Deus está desintoxicado dos corticóides que tive que usar por conta da psoríase, atrapalham sim, mas nem de perto são os vilões da minha obesidade. Ela é feita de lanches no Mc Donald´s depois do trabalho, de refeições no KFC na hora do almoço, dos joelhos com coca-cola de manhã quando não dava tempo de tomar café, dos bombons, batons e barras da Hershey´s na hora do lanche, enquanto entrevistava nutricionistas sobre a importância dos legumes e verduras na alimentação. Chega a ser ridículo.

Vários campos da minha vida estão complicados, muitos assuntos dominam a minha cabeça, mas sei que não será diferente quando eu sair de casa, ou quando casar e tiver filhos, nem sumirão quando eu me formar, eles vão se transformar em outros, nem melhores nem piores, diferentes. Tenho 26 anos, meu triglicerídeos está em 344, quando a faixa normal é até 150, tenho sentido dor de cabeça, cansaço, dor nas pernas, desânimo e vários outros sintomas de como a obesidade está atrapalhando a minha vida. Já recebi puxões de orelha de vários lados, mas quanto mais pressão eu acho que tenho, mais estava fugindo do problema, o que neste caso é igual a comer sem preocupação.

Não sei exatamente meu peso hoje porque são 21h e só vou me pesar amanhã de manhã, quando a menstruação terá ido embora e não restar nenhum resquício de TPM. O pão light está no armário, o requeijão light comprei na padaria antes de chegar em casa, a quentinha com salada, carne moída e legumes está na geladeira para servir de almoço amanhã. Então, chega de me enganar, de achar que se eu sucumbir a um chocolate depois do almoço estará tudo perdido, porque quanto mais me julgo perdida, mas me perco de fato.

Quem foi ao encontro sabe que meu momento light começou com lágrimas e se seguiu com uma enxurrada de "não sei" e "eu acho", mas a única certeza que eu tenho hoje é que preciso de ajuda: marquei entrevista com duas psicólogas, quero começar o quanto antes a terapia para tratar do meu estresse e dos meus problemas causados pela obesidade, que me bloqueiam e me deixam insegura, com necessidade inconsciente de deixar de falar o que quero e penso com medo de magoar outras pessoas e ninguém gostar de mim, como se por ser gorda eu tivesse que ser sempre engraçada, gentil e legal. Primeiro: eu não sou gorda, eu estou gorda. Em segundo lugar, eu adoro ajudar as pessoas, ser bacana e rir com os outros, mas nada pode ficar antes da minha própria vontade.

Cheguei no encontro light preocupada em não me expôr, porque andava me sentindo demasiadamente exposta, mas tudo fluiu naturalmente, de forma quase viceral mesmo. E percebi o quanto essa terapia conjunta, mais que um momento de alegria, é um momento de encarar espelhos que não refletem o que eu quero, mas o que eu preciso.

Volto amanhã com peso, tabela nova e ânimo renovado. Afinal, a estrada é longa, não dá para chegar ao final contando apenas com o fôlego do começo da caminhada. Obrigada por tudo e por todas.

Sem vocação para ser vítima

 

"Enquanto não há compromisso, há hesitação.
A chance de recuar,

Uma incompetência qualquer.

Todos os atos de iniciativa e criação

Têm uma verdade elementar,

E ignorá-la mata incontáveis idéias

E incontáveis planos:
No momento em que a pessoa realmente assume um compromisso,
A providência também se põe em movimento.
Todos os tipos de coisas acontecem para ajudar a pessoa, coisas que nunca teriam acontecido de outra forma.

Toda uma corrente de eventos resulta da decisão,

Gerando em seu favor todos os tipos de encontros e incidentes imprevistos, e ajuda material,

Que ninguém sonharia que pudesse estar em seu caminho.
Seja o que for que você faça ou sonha em fazer,

Comece.
A audácia tem força, poder e magia.

Comece agora."

 

Johann Goethe (trecho do livro "Mulheres boazinhas não enriquecem")

Morenaça

E ainda é minha amiga! :)

Parabéns, Beth, fiquei MUITO FELIZ por você! Você merece tudo isso e muito mais!

Copiei do blog da Marília porque ficou lindo demais! Comprem!

www.revistaanamaria.com.br

Beijossssssss

Poeira

Como perceber que não posto há muito tempo?

Fui buscar o endereço do blog na minha lista de endereços do internet explorer e não achei!

Muito tempo longe mesmo, muita coisa passou como Carnaval, deixei de ser freelancer e fui contratada esta semana, me inscrevi no último semestre da faculdade e estou empolgada... agora vai!

Tenho tentado não me dominar pela tristeza por não estar comprometida com a reeducação alimentar como sei que deveria e poderia, pelo desânimo de não querer postar aqui que comi errado, comi demais, que me deixei levar pela tentação... sempre acho que isso pode desmotivar alguém ou que não vai acrescentar.

Para mim é muito difícil engordar sendo que trabalho e escrevo sobre nutrição, estética, fitness e mil outros assuntos ligados à beleza, saúde e auto-estima de mulheres. Tenho novas motivações agora com o fato de passar a ficar diariamente no escritório a partir desta segunda-feira, dia 12 de março, meu aniversário no dia 18 de março, a volta da faculdade na semana que vem... comprei itens light para levar e lanchar de tarde, por exemplo.

Estou refletindo muito sobre muita coisa, faz parte do meu processo pré-aniversário e tenho muitos motivos para pensar e repensar algumas atitudes, idéias e conceitos. A verdade é que tudo tem limite na vida, mas quem tem que delimitar o espaço que nos cabe no latifúndio da sociedade somos nós mesmos, ninguém os fará por nós.

Tiago, amor, obrigada por me entender e me apoiar, por estar comigo mesmo quando me sinto fraca e pouco confiante, você demonstra que é capaz de acreditar mais em mim do que eu mesma. Nada foi em vão, tudo que passamos até aqui, todo meu processo de emagrece-engordar, sei que preciso de ajuda e que você está do meu lado. Mas só quem pode mudar tudo sou eu. Te amo!

Beijos,

Isa

Primeira vitória: menos 1,2kg!

Genteeeeeeeeeeeeeeeee!

Uma semana depois do meu re-re-recomeço, o primeiro resultado positivo! Mesmo sem conseguir malhar nesta primeira semana por ter me sentido bastante indisposta, o controle alimentar foi bacana. Fiz drenagem linfática hoje e ainda tenho mais 12 sessões, farei duas por semana, vamos ver no que dá, né?

Segundo minha tabela de metas:

Início: 22/01/07

Primeira pesagem: 104,7kg

Semana 1 (29/01): - 1,2kg

Peso atual: 103,5kg

 

To igual pinto no lixo! Essa semana recuperei meu sono perdido depois de acupuntura, tomar passiflora e valeriane e comprar um travesseiro novo! rs... A coca light aqui na minha terra foi ótima e ainda fiz aula de auto-maquiaquem quinta com a Magrilia, show de bola!

 Pena não ter podido ir ao encontro light domingo, não tava legal, dor de cabeça, moleza, tomei um remédio e apaguei na casa do Tiago. Mas tivemos um findi controlado e não tomamos refrigerante mesmo tendo Guaraná Antartica normal geladinho em casa. Yes!

Saudades de todas vocês, prometo visitar todas com carinho! Beijos e boa semana, vamos que vamos!

Metas, metas, metas!

A amiga louca de vocês aqui fez contas e mais contas e chegou à uma conclusão: metas! Sim, eu preciso delas, senão me perco total. Conto com a Magrília para me ajudar a colocar a tabelas de pesos e medidas e datas aí do lado porque eu sou uma negação com este zip.net.

 

Faltam 47 semanas para o fim do ano, se eu conseguir eliminar em média 800 gramas por mês, uma média alta, chego com 66kg ao dia 31 de dezembro. Se diminuir a média para 500 gramas por semana, o peso final sobe para 80kg. Então quero estar nesta faixa e assim tentar atingir a meta final no meu niver de 27 anos em 2008. Resumindo:

Meta 1: 18/03 (meu niver) - casa dos 90

Meta 2: 11/06 (niver de namoro) - casa dos 80

Meta 3: 22/09 (8 meses de reeducação) - casa dos 70

Meta 4: 27/12 (niver amor) - casa dos 60

 

 

Segue a brincadeira que a Aline me passou em três partes! E tem Coca-light hoje, obaaaa! 

 

Três coisas que me assustam:

Violência

Dirigir em alta velocidade

Morte de pessoas próximas
 
Três coisas que eu amo fazer:
Sexo

Beijar

Escrever


Três coisas que eu estou sentindo agora:
Sono

Fome

Cansaço

 
Três coisas que tenho ouvido no meu telefone:

Oi, quanto tempo!

Bora almoçar essa semana?

Amor, te amo.

 

Três coisas que eu odeio:

Odiar é forte, nem no orkut eu tenho comunidades assim, então coisa que eu não gosto:

Mentira

Inveja
Engordar


Três coisas que eu não entendo:
Por que chocolate engorda e alface não?

Por que tenho que trabalhar uns vinte anos antes de ter um salário decente?

Por que existem mães que não nasceram para parir?
Brincadeira 1

Três nomes:
Isabelle (meu!)

Tiago (amorzão)

Toddy (cachorro e chocolate, nome dois em um!)

 

Três coisas em cima da minha mesa:
Talco (estou com brotoeja)                                                                                                                                                                                                       
Copo novo com água                                                                                                                                                                                                            Revistas femininas

 

Três coisas que eu estou fazendo agora:

Vendo BBB Só Para Maiores

Bebendo água

Vendo e-mails
 
Três coisas que eu quero fazer antes de morrer:
Publicar um livro
Casar com meu amor

Ter um filho

Três coisas que eu sei fazer:
Escrever

Cozinhar

Sexo

 

Três coisas que eu não consigo fazer:
Comer coisas azedas

Assobiar com o dedo na boca

Dormir sem escovar os dentes

Três bandas que eu acho que você deveria ouvir:
Ana Carolina

Chico Buarque

Zeca Baleiro

Três bandas que você NUNCA deveria ouvir:
RBD

KLB

Calypso

Três filmes que você deveria assistir:
Billy Elliot

Dançando no Escuro

Moulin Rouge

 

Três filmes que você NÃO deveria perder seu tempo assistindo:
O Mar não está pra peixe

Professor Aloprado

Náufrago

Brincadeira 2

Três comidas favoritas:
Strogonoff de frango com arroz e batata palha

Nuggets ou empanado de frango

Chocolate (nada de salada nem grelhados, né? Rs)

 

Três coisas que eu gostaria de aprender:
Não me abalar por quem não merece

Ouvir críticas sem me magoar

Nunca pensar como vítima

 

Três coisas que eu bebo regularmente:
Água

Nestea de pêssego

Achocolatado light (ou Nescau mesmo quando não tem)


Três programas de TV que eu assistia quando era pequena:
Xou da Xuxa

Milkshake

Clube da Criança

Três programas de TV que não perco por nada:
A Diarista

BBB7

Novelas (adoooooooooooooro)

Três Lugares:
O colo do meu amor, serve?

Angra dos Reis

Friburgo

Três pessoas:
Tiago (amoooooooooooooor)

Tia Soraya (minha fuga em casa)

Samantha (amiga que mora na Terra dos Cangurus)

Três coisas que faço todo dia:
Tomo banho
Comeeeeeeer, rs

Escrever/trabalhar

Três coisas que fiz hoje:
Passei creme anti-celulite
Fiz um dia perfeito de reeducação alimentar

Me estressei no trabalho

Três coisas na gaveta:
Celular carregando

Remédio da psoríase

Escova de cabelo

 
Três datas importantes:
18 de março (meu niver)

11 de junho (niver de namoro)

27 de dezembro (niver do Ti)


Três anos importantes na minha vida:
1981 (nasci!)

1999/2000 (passei no vestibular/entrei na faculdade)

2005 (conheci meu amor e começamos a namorar)


Três coisas que me fazem chorar:
Saudades do meu amor

Ofensas de quem eu gosto

Injustiça no trabalho

 
Três coisas que desejo pra você:
Saúde

Paz

Amor

Depois da tempestade

É, gente... que semaninha foi essa? Insônia, inseguranças, compulsão alimentar bombando, nada de auto-controle, problemas no trabalho, fotos antigas me tirando a paz. É, tudo junto ninguém merece mas, graças a Deus, passou.

Sexta-feira eu tive apoio de amigas queridas da blogosfera em relação à insônia e consegui dormir melhor. Não contei aqui ainda mas tenho psoríase e faço acupuntura toda sexta-feira para evitar que surjam crises, para melhorar a ansiedade e estresse e também para me ajudar a emagrecer. Comecei em dezembro e já sinto diferenças significativas, além de sentir falta quando por duas vezes não pude fazer a sessão. Minha acupunturista conversou muito comigo sexta, fez reflexoterapia, tuiná (massagem) e agulhou os pontos da insônia e foi ótimo. Para melhorar mais ainda, comprei passiflora e tomei, o que me deixou calma e me fez dormir mais cedo do que nos outros dias.

Meu amor também me ouviu muito no sábado e domingo tive o ouvido de uma amiga querida, que também precisava de ouvido e colo, enfim, muita energia positiva :) E me sinto bem melhor.

Desde domingo me planejei para começar a colocar em prática minhas resoluções de ano novo e, principalmente, para começar a agir a favor de mim mesma. Não tem jeito, não consigo acordar sem planejamento e consegui resistir às tentações, pelo menos não por enquanto. Por isso, hoje, segunda-feira, dia 22/01, considero o re-re-re-recomeço: consegui controlar minha alimentação pelo primeiro dia do ano, fiz banho de lua na esteticista e me senti muito bem, me impus no trabalho e estou começando a mudar minha cabeça em relação a isso. Não fui malhar porque tive dor de cabeça, acho que preciso de óculos, mas amanhã eu vou com certeza, mesmo que comece devagar.

Tenho sessões de massagem estética para fazer e não fiz nenhuma este ano, não malhei nem um dia e não fiquei nenhum dia sem enfiar meu pé muito bem enfiado na jaca. Por isso, pesagem de hoje: 104,700kg. Maior peso, recorde mesmo. Mas não fiquei triste, agora sei que este é o momento de reverter tudo isso. Assim que souber como colocar a tabela aí do lado vou colocar e vou começar a fotografar a Plenna toda segunda-feira.

Resolução cumprida: Ficar um ano sem tomar refrigerante a partir de janeiro. Comecei hoje, um dia inteiro sem refri.

Aline, no próximo post divulgo a brincadeira que vc me passou.

Beijos, pessoal, bora que esta semana tem coca light e encontro light!!!!

Fora da ordem

Meninas, não sei o que me acontece. Ando toda alterada, uma insônia terrível, tenho deitado e só consigo dormir 4h, 5h e hoje só consegui dormir 6h20min. O que me faz acordar 12h, 13h todos estes dias, sempre cansada, com olheiras, com sono e me sentindo mal. Não estou com disposição para malhar, perco a manhã inteira, meu trabalho fica atropelado e acabo acumulando tarefas, minha alimentação fica doida... enfim, não está nada legal.

Hoje tenho acupuntura 17h e vou relatar tudo para a fisioterapeuta para ver se ela me ajuda com as agulhinhas que tanto me fazem bem... vou aproveitar e passar no Mundo Verde e comprar umas folhinhas de chá relaxante para ver se ajuda. Neste sábado trabalharei às 8h e vou passar o fim de semana vendo DVDs com meu amor, quero tentar dormir direito.

No fim de semana que vem vai rolar Encontro Light na casa da vovó da Jaque, que já disseram que cozinha muito bem, rs. Eu irei mesmo se for no final, pois não sei se vou trabalhar neste dia, mas espero poder curtir o tarde inteira com vocês. Conforme orientações da Marsele, o endereço será enviado por email e o esquema será americano, cada um levando um prato/bebida. Segue o selinho que o Vinicius, namô da Marsele fez e que bateu recorde de tão fofo!

Beijos a todas, bom fim de semana e força!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 20 a 25 anos
MSN - isalindote@hotmail.com